Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

4 sapos

4 sapos

02
Jun19

As últimas compras de livros


Mãe Maria

IMG_20190602_082942.jpg

 

E depois das trapalhadas da reunião do condomínio, houve tempo para dar um salto até ao Parque Eduardo VII e para um pequeno carregamento de letras pintadas em páginas feitas histórias.

O tempo era ameno, o suficiente para refrescar as ideias da tarde esgotante. Foi essencial para recuperar e arejar do braseiro da tarde.

No saco vieram alguns amigos, para viverem entre os restantes, que enchem as prateleiras, já curvas, das estantes da casa.

Haja, no futuro, tempo livre para absorver o pensamento, as memórias, os segredos, os enredos das horas de trabalho, que eles carregam, saídos das mãos de quem consegue preencher folhas de papel brancas, transformando páginas livres em histórias, umas mais fantásticas que outras.

Ser contador de histórias não deve ser fácil. Não é como cozinhar um ovo mexido. É tranpor ideias com sentido, com emoção, com beleza, dando vida aos parágrafos e travessões, aos dois pontos e interrogações. E deixar o leitor preso ao enredo, a ter vontade de ler mais um capítulo. É esta fome infinita de leitura, que faz um livro ser um sucesso.

 

 

31
Mai19

Feira do Livro de Lisboa


Mãe Maria

A Feira do Livro de Lisboa voltou a abrir portas ao mundo dos leitores, dos maiores aos mais pequenos.

Após portas abertas, vem aí o primeiro fim-de-semana, desta vez com muito sol, e é uma altura boa para irmos até lá, visitarmos e inspirarmo-nos nos múltiplos livros, uns com descontos mais especiais, porque são os livros do dia.

Com uma genda sempre cheia, neste evento anual, temos a oportunidade de conhecermos, mais de perto, alguns dos muitos autores dos livros que vamos lendo ao longo do ano, e conseguirmos um autógrafo, uma marca pessoal no nosso livro de leitura. Aviso que, por vezes, é preciso um pouco de paciência porque há mais gente, que em fila, espera por este miminho.

Entre a procura dos livros preferidos, há pipocas, gelados, queijadas, farturas, bolas de berlim, hamburgueres, cachorros e limonadas, laranjadas, cervejinhas, e muito mais, para aconchegar a alma. Aconselho levar no bolso uma garrafa de água porque o calor é intenso, a feira é longa, e não se arrisca a pagar um euro e meio por uma garrafinha pequena.

Há ainda um auditório onde há debates, conversas de café, pequenos teatros, música, poesia e muito mais. E há wi-fi para não se dispersar do seu mundo virtual, que quase todos já dependemos e não o dispensamos, e show cooking.

Também lá irei. Este fim-de-semana, duvido porque a minha agenda anda cheia, mas ao fim do dia de sábado, quem sabe se iremos até lá apanhar um fresquinho da noite. Há feira até bem tarde.

Vá com a familia, que há espaço para todos e, divirtam-se!!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D