Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



07
Fev19

quando o 1º filho levanta voo

por Mãe Maria

Sou uma mãe quase à beira de um ataque de nervos.

Que me vale andar assim, se deixei voar a minha cria?

É assim a lei da vida: dar vida, ensinar os melhores caminhos para ela seguir, sempre, em direção à paz e, a seu tempo, deixar a cria voar para o seu ninho.

Pensarão que sou tolinha e que arranjo problema só para me coçar.

Mas mãe é mãe e virei uma mãe demasiado galinha.

O meu cérebro está lá, numa construção de pensamentos super protetores.

Entro na minha cozinha, mas também entro virtualmente na dele. Será que ele se está a desenrrascar? Será que ele está cansado? Será que ele tem comida? Será que ele não se esquece disto e daquilo? Será? Será? Será?? E esta palavra enrola-se no meu cérebro quase me bloqueando.

Passo pelo quarto e a desarrumação não está lá. Sente-se a passagem de um silêncio demasiado longo. Parece estranho mas a estranheza é eu sentir estes arrepios de mãe só, quando a solidão só existe na minha cabeça.

Preciso de um copo de vinho que amoleça esta minha cegueira. Preciso que o tempo me dê o tempo certo, na certeza de arrumar a incerceza do futuro.

Não sei viver neste limbo de partida, eu ficar no cais, hirta e só, a assistir ao início da viagem, em direção a um destino desconhecido.

Só gosto de certezas. Porém, quem pode ter certo se tudo é incerto?

Nem quase acredito que me tornei nesta dependência familiar. Há um crivo que me liga a eles e que não quebra nem que a vaca tussa.

Serei eu uma controladora, mandona, ditadora, sargenta e sei mais lá o quê??

 


3 comentários

Sem imagem de perfil

A Desconhecida 07.02.2019

És mãe... ❤️
Imagem de perfil

Marta Elle 07.02.2019

O que sentes parece-me normal.
Imagem de perfil

Luísa de Sousa 07.02.2019

Minha querida, emocionei-me com o teu post. Fez-me lembrar quando as milhas filhas foram para a faculdade fora da Madeira. Senti tudo isso. Quando terminaram o curso, uma veio para cá mas a outra está a viver em Albufeira e sabes? Continuo a mesma galinha e lamechas!!!! Não estás sozinha

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor