Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

4 sapos

4 sapos

08
Out19

Os meus desaires sociais


Mãe Maria

Passaram quase dois meses sobre o dia que me pediram para fazer umas peças. E, só hoje foi realizada a entrega da encomenda. Muito tempo, não acham? Pois eu também considero muito tempo.

Acontece que houve um "primeiro" atraso por culpa minha. E, na altura, tive de confessar à pessoa, o meu azar, que foi tão somente ter destruido a peça prontinha para entrega. Foi uma conversa via SMS telemóvel. Esta existência de comunicação é o máximo, para quem detesta falar ao telefone/telemóvel.

Depois de procurar novo tecido, e não existindo igual, tive a sorte da pessoa não se importar por ter de optar por outro, embora idêntico ao pretendido.

Entretanto e o mais rápido que pude, repus a minha "desgraça" e a peça ficou pronta para entrega. O  problema seguinte, foi conseguirmos arranjar um horário compatível para entrega, sem ter de passar por uma empresa especializada no assunto.

Passaram mais umas quatro, cinco semanas e estava difícil. Passei ao estado de ter vergonha de ligar, numa tentativa de resolver o assunto.  Cheguei a desistir e a planear para qual membro da minha família, eu ofereceria estas peças como presente de natal.

Sei, obviamente, que há sempre imprevistos na vida das pessoas que atrasam ou até eliminam o que temos planeado. Nem sempre é fácil o ajustes de horários.

Contudo, depois desta troca de mensagens infrutíferas, (demasiadas para o meu gosto, embora saiba que tenho um gosto duvidoso e sou desconfiada demais) instalaram-se na minha cabeça uma série de sentimentos, todos negativos para o meu lado: estou a ser chata,  insistente, melga, desconfiada, ganânciosa, etc, e que me fizeram ficar acanhada perante a pessoa, mesmo que por uma simles mensagem.

Estou cada vez mais acanhada com pessoas desconhecidas e com as quais tenho de ter uma intervenção/ação. Faço-me entender?

Se tenho de comunicar com quem vejo, sem planeamento, sou capaz de me libertar e dar à lingua, falar e rir sem constrangimentos.

No caso de hoje, eu não conhecia a pessoa pessoalmente. O acanhamento atacou-me de tal forma que me encolheu o pensamento, que por sua vez, encolheu a minha massa cinzenta. Qual caracol dentro da sua carapaça, faltando-me esta para me resguardar.

Parece incrível que ao fim de mais de meio século de vida, que não são mais que uma boa soma de etapas e de experiências sociais, me dá uma branca de afetos e convivência social perante desconhecidos.

Regressei desolada comigo própria, num rodopiar de pensamentos negativos quase me levando às lágrimas nos meus olhos furiosos.

Nem queria ver mais ninguém pela frente tal o meu desaire social. Um café, uma engasgar de palavras, uma adeus tão estranho, entranhando uma cada vez maior irritação dentro de mim.

Que vergonha passei e só de pensar e de vos contar, o meu rosto transfigura-se.

Será caso para tal? Ou minhoquice a nascer nos meus neurónios? Falta de confiança em mim?

Raios me partam estes meus desaires sociais. E desculpem o desabafo. Há especialistas para tal, eu  sei, mas optei por vos encher os ouvidos com estes meus desaires.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D