Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



24
Abr19

Liberdade por onde andas

por Mãe Maria

índice.jpg

 

A palavra Liberdade que os capitães de Abril abriram portaa, há quarenta e cinco anos, e que no lugar donde deveriam sair as balas foram  colocados os cravos, não me parece ser a mesma que hoje se pratica.

Dessa Liberdade já pouco se sabe.

Passou-se da Liberdade, aquela ausência de submissão e abuso de poder, para novas formas de abuso e poder de cada um de nós. Se erámos submissos ao Poder Central, a um fascismo estúpido e já fora de moda, agora vivemos tempos de onde pequenos ditadores, que tudo querem e tudo fazem para se salvarem, e que se vão instalando em cadeiras de poder.

Há cada vez mais ditadores, corruptos, e que pouco a pouco vão minando a sociedade. Falta pouco para sermos, de novo, subjugados por eles, pelas Leis que eles nos impõem.

Espero que saibamos abrir os olhos e olharmos à nossa volta e que saibamos agarrar a Liberdade de Abril, daquele dia 25 que nos Libertou das mãos de um Ditador.

Não deixemos crescer o ódio, a xenofobia, o racismo. Aprendamos a aceitar as diferenças, a dar espaço às ideias, a respeitar os outros. Todos somos iguais, mas cada um é diferente do outro.

A liberdade é isso mesmo, vivermos aceitando, não nos subjugando, embora a palavra Liberdade também tenha os seus limites. Não posso ter Liberdade se me imponho à Liberdade do outro. Há que ser livre mas responsável também.

Portugal e o mundo agradece que cada um saiba o que é viver em Liberdade.

 



Mais sobre mim

foto do autor