Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



02
Jul19

Notícias excessivas e empoladas

por Mãe Maria

Vivemos com um excesso de meios de comunicação social e que estão ao dispor de qualquer pessoa, a todas as horas do dia, bastando para isso, ter um telemóvel com dados móveis. Um aparelho que não se dispensa, sejamos nós endinheirados, ou não.

As notícias correm a mil à hora e entram-nos pelos olhos e ouvidos com um empolamento excessivo. Chegam a serem exaustivas, por repetições exaustivas, também. Na verdade, há que dar alimento aos muitos minutos alocados para os noticiários, acabando por se tornarem palavras e debates cansativos. Este excesso torna-nos imunes aos casos, banalizando os acontecimentos, uns mais gravosos que outros.

Hoje, mais uma notícia corre nas veias da comunicação social e que nos irá invadir os ouvidos e a cabeça, caso não mudemos de canal ou nos ausentemos desta via virtual.

Contudo, este caso, é mais uma nova corrupção, a abraçar tantas outras, que este país vem transportando às costas e nos tem dado como presentes envenenados. Somos um povo tão corrupto? O que nos leva a chegar a este ponto? Ou sempre o fomos e não sabíamos porque, hoje, não como no passado, temos à disposição meios de comunicação que nos invadem a privacidade, que entraram porque lhes abrimos as portas?

Esta notícia e tantas outras, deveriam ser uma preocupação real, mas que banalizamos porque o bombardeamento mediático à volta dos casos, é excessivo.

Deste lado Já não há paciência para assitir a tanto descalabro e saber para onde voa o diheiro dos meus imposto.

Por isso, eu sou daquelas que vira de canal só para os não ouvir e ver imagens. E vocês?

 

 


7 comentários

Imagem de perfil

Luísa de Sousa 02.07.2019

Passei a ser mais seletiva naquilo que leio, ouço e vejo.
E com muito senso crítico!!!
É por isso que prefiro o "Sexo e a Cidade" com as maluquices daquelas amigas.
Beijinhos
Imagem de perfil

Mãe Maria 04.07.2019

sempre nos rimos com elas e esquecemos tristezas.
Imagem de perfil

Maria 02.07.2019

Como tu prefiro mudar de canal. Não me irrito a ver o dinheiro dos meus impostos a sustentar corruptos, e mais grave, ainda, ficar tudo igual.
Imagem de perfil

Mãe Maria 04.07.2019

e que a gente tenha essa possibilidade de o fazer. Evita-se ouvir tanta tristeza.
Imagem de perfil

Anita 03.07.2019

Se a justiça tivesse efeito até me dava ao luxo de ouvir, mas como a justiça é uma porcaria, os ricos safam-se sempre, faço como tu - mudo de canal ou apago a tv.
Imagem de perfil

Mãe Maria 04.07.2019

onde anda a boa justiça? ando desacreditada dessa senhora que vive rodeada de maus juízes.
Imagem de perfil
Eu não mudo de canal porque devemos conhecer o mundo real.

O problema é que muitas das ditas "notícias", na verdade são diversões. E se assim é, é porque alguém as consome!
Está aqui um bom artigo que todos devem ler:
https://ionline.sapo.pt/artigo/634458/a-caminho-da-superficialidade?seccao=Opiniao_i

Eu estou mais preocupado com outras coisas que com dinheiro, até porque somos muitos a pagar.

Poderá haver um excesso de meios de comunicação social, mas alguns são necessários.
O problema é que sabemos o que eles publicam, mas não sabemos o que eles não querem publicar. Fica assim o caminho livre para a manipulação.

Criei o blog para falar nestes assuntos importantes que vejo poucos falarem.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor