Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



15
Fev19

Meandros do amor quem os não tem

por Mãe Maria

A propósito do ainda recente dia dos namorados, lembro-me que a minha filha, quando era mais garota, lhe chamava dia dos "pavorados". Achava este dia uma estupidez. Refilava com os anuncios publicitários da TV ou quaquer coisa que levasse a esse tema. Não sei se por algum desgosto, se por mania ou pura embirração.

O amor tem destas e muitas outras coisas. Por exemplo, o que faz o amor  levar a coisas bizarras, como violência ou a explosões de amor em locais e horas menos apropriadas?

Vá-se lá saber porque nos comportamos assim, na hora do arrebatamento do amor.

Há reações quimicas que pululam à nossa volta, provocando desejo por alguém específico, desencadendo a reação do outro. Daí até ao amor, há um pulo curtíssimo. O circuito pega fogo até provocar um incêndio. Já dizia Camões,  "Amor é fogo que arde sem se ver".

Há quem não consiga atingir este click por mais que se esforce. A culpa é da Dopamina que não se liberta (ou será outra coisa qualquer terminada em ...ina?). Não havendo libertação de desejo dos dois lados, o amor não se enrola, e cai a solidão e tristeza do lado não correspondido. Não há alimento a dois para o amor pegar fogo.

Amor é mesmo fogo que arde sem se ver. É danadinho. Prende-nos com doçura ou cegueira.

Conheço gente que parece ter tudo para viver uma plenitude amorosa, são bonitas, talentosas, bem dispostas, quase perfeitas mas, o amor, não cria brasas naquelas lareiras. Só lhes pega um lume brando, fumo denso, cobrindo de cinza o que parecia ter tanta cor e calor.

Meandros do amor, quem os não tem. Tal como as cartas de amor, que já tiveram as suas sortes. Hoje, estas quase entraram em desuso. As novas tecnologias ditaram a quase extinção destas belezas. E que líricas e românticas elas eram. Escondidas nos fundos das gavetas guardavam tesouros só nossos. As minhas, já não enchem esses espaços. As minhas mudanças de casa aceleraram o seu fim.

B.F.Semana.

 

 


1 comentário

Imagem de perfil

Mamã Gansa 15.02.2019

Gostei muito deste texto e adorei o dia dos pavorados.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor