Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



29
Mai19

Divagações

por Mãe Maria

Depois do choque que vos contei no meu post anterior, tenho andado em modo fuga. Não que o mundo tivesse parado, mas porque tem girado a rotações mais que mil.

Ando, há dois dias, às voltas de uma contagem de votos eleitorais, não daquelas últimas, nacionais e oficiais, para a eleição dos tachos do parlamento da nossa Europa, mas de umas outras, porque há mais eleições para além das oficiais de um país, e eu estou envolvida numa delas. Sou a menina que faz as contagens e verificações finais. O escrutínio final deve sair hoje e talvez o meu tempo se alivie e me permita pensar noutras coisas para além destas listagens aborrecidas.

No domingo, sob um sol escaldante, com esforço e perseverança, percorri os 21 quilometros a que me propus, acompanhando a beleza do Douro. Missão cumprida. 100% do meu suor. Outras virão ou talvez não. Quem sabe o que o futuro nos reserva.

No sábado enchi a pança de cerejas. Bastou trepar à arvore, aproveitando a minha agilidade, e degustar essas meninas que, este ano, não estão na sua melhor forma. Dizem, o tempo não ajuda. Ora porque não chove. Ora porque choveu na época errada. Ou porque o sol veio cedo, ou porque chegou atrasado. Vá-se lá entender estes caprichos da natureza.

Por hoje chega de divagar e de nada de útil vos contar. As listagens choram pelos meus dedos, e os meus olhos lacrimejam pelo fim destas senhoras.

Até já e bom dia.


3 comentários

Imagem de perfil

omeumaiorsonho 29.05.2019

Um excelente dia!
Imagem de perfil

Mafalda Margarida 04.06.2019

Uau, incrível! Salvaguardando a fé alheia, acho que tal gesto é ainda mais valioso (e talvez até, penoso) que uma peregrinação a Fátima! Parabéns!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor