Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



02
Jun19

As últimas compras de livros

por Mãe Maria

IMG_20190602_082942.jpg

 

E depois das trapalhadas da reunião do condomínio, houve tempo para dar um salto até ao Parque Eduardo VII e para um pequeno carregamento de letras pintadas em páginas feitas histórias.

O tempo era ameno, o suficiente para refrescar as ideias da tarde esgotante. Foi essencial para recuperar e arejar do braseiro da tarde.

No saco vieram alguns amigos, para viverem entre os restantes, que enchem as prateleiras, já curvas, das estantes da casa.

Haja, no futuro, tempo livre para absorver o pensamento, as memórias, os segredos, os enredos das horas de trabalho, que eles carregam, saídos das mãos de quem consegue preencher folhas de papel brancas, transformando páginas livres em histórias, umas mais fantásticas que outras.

Ser contador de histórias não deve ser fácil. Não é como cozinhar um ovo mexido. É tranpor ideias com sentido, com emoção, com beleza, dando vida aos parágrafos e travessões, aos dois pontos e interrogações. E deixar o leitor preso ao enredo, a ter vontade de ler mais um capítulo. É esta fome infinita de leitura, que faz um livro ser um sucesso.

 

 


1 comentário

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor